sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Último dia de 2010.


"Procuro uma alegria uma mala vazia do final de ano e eis que tenho na mão- flor do cotidiano -é vôo de um pássaro é uma canção."
Carlos Drummond de Andrade.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

FELIZ 2011

Museu da Imagem e do Som

Tradição e ruptura sempre fizeram parte da história e da atitude do Museu da Imagem e do Som para sedimentar sua trajetória e desenhar seus objetivos. Desde a fundação, em 29 de maio de 1970, já vinculada à Secretaria de Estado da Cultura, a instituição imantou a cena artística com iniciativas de sucesso como a Mostra do Audiovisual Paulista e o Festival Internacional de Curtas.

Esses e muitos outros fatos culturais fixaram o MIS com nitidez junto ao público, artistas, críticos e produtores culturais como um local atento à exibição, questionamento e debate do que existe de relevante na área. O MIS – e seu Acervo é prova disso -- soube oferecer visibilidade e audiência às boas obras de cinema, vídeo, fotografia e música, sem deixar de atender à documentação e conservação de importantes legados artísticos de imagem e som, assim como de história oral.

Com a emergência das novas mídias tecnológicas e a expansão da arte para práticas híbridas, de experimentação em vários suportes e linguagens, havia necessidade do MIS reinventar-se, sem perder de vista seus objetivos. Isto foi feito. O Museu da Imagem e do Som reabre inteiramente renovado. Pronto para ser o primeiro museu público no País dotado de conceituação institucional, equipe, infra-estrutura e equipamentos de ponta para dialogar com a arte do século 21, sem esquecer a rica história acumulada desde os anos 70.

O novo MIS, que tem suas atividades garantidas por uma parceria público-privada gerenciada pela Organização Social de Cultura Paço das Artes, volta pronto para atuar baseado em quatro áreas, pensadas para agir de forma coordenada e complementar: acervo, LabMIS, programação e site. Visite e experimente os resultados dessa dinâmica. Você notará que o MIS voltou para integrar e aglutinar os valores destes novos tempos da cultura.

Horários de funcionamento geral - terça a sábado, das 12h às 22h; domingos e feriados, das 11h às 21h.

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo - MIS - fica localizado na Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo - SP, Brasil.
CEP 01449-000.


Telefone:  (11) 2117-4777
Pagamentos - não trabalha com cartões (crédito ou débito).


http://www.mis-sp.org.br/












quarta-feira, 29 de dezembro de 2010


A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar.

...



Um dia você aprende que...



"Depois de algum tempo você aprende a diferença,

a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se,

e que companhia nem sempre significa segurança.

E começa a aprender que beijos não são contratos

e presentes não são promessas.

E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida

e olhos adiante, com a graça de um adulto

e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,

porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,

e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima

se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que não importa o quanto você se importe,

algumas pessoas simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,

ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para se construir confiança

e apenas segundos para destruí-la,

e que você pode fazer coisas em um instante,

das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer

mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida,

mas quem você é na vida.

E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos

se compreendemos que os amigos mudam,

percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa,

ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida

são tomadas de você muito depressa,

por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos

com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós,

mas nós somos responsáveis por nós mesmos.

Começa a aprender que não se deve comparar com os outros,

mas com o melhor que você mesmo pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser,

e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo,

mas se você não sabe para onde está indo,

qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão,

e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade,

pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação,

sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer,

enfrentando as consequências.

Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute

quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência

que se teve e o que você aprendeu com elas

do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens,

poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia

se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva,

mas isso não lhe dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer

que ame, não significa que esse alguém não o ama,

pois existem pessoas que nos amam,

mas simplesmente não sabem como demonstrar isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém,

algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga,

você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido,

o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto,plante seu jardim e decore sua alma,

ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar...

que realmente é forte, e que pode ir muito mais

longe depois de pensar que não se pode mais.

E que realmente a vida tem valor

e que você tem valor diante da vida!

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem

que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar."



William Shakespeare

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Ano Novo Vida Nova.
















Mais um ano se vai
Com ele também vai nosso passado
Nossas realizações, nossas frustrações
Vão-se nossas lágrimas de alegria
Nossas lágrimas de dor.
Vão os sonhos, as ilusões
Vão-se nossas fantasias.

Mais um ano que vem
Com ele também vem a esperança
Redobrada num novo amanhecer
Com ele vêm os desejos de realizações
Os planos que foram desfeitos
E novamente serão refeitos.

Vem com ele um coração
Pujante na alegria
De um romper da aurora
Em perspectivas
De escrever belas histórias.

É assim cada ano que renasce
Sempre um novo despertar
Para novos tempos.
É a certeza de um novo sol
E de viver bons momentos.

Ataíde Lemos

O teu olhar caiu no meuA tua boca... na minha se perdeu!Foi tudo lindo, tão lindo foiE nem me lembroQue veio depois...
A tua voz dizendo amorFoi tão bonitoQue o tempo até parouDe duas vidas, uma se fezEu me sentiNascendo outra vez...
E eu vou!Esquecer de tudoAs dores do mundoNão quero saberQuem fuiMas sim quem souE eu vou!Esquecer de tudoAs dores do mundoSó quero saber do seuDo nosso amor...

Você Sabia que :

Queridos amigos leitores...

Vamos fazer do nosso blog muito mais de um site de relacionamento,façamos dos nossos encontros uma sala de estar aconchegante com uma bela taça de vinho tinto e um bom papo reflexivo,construtivo,destrutivo enfim, deixar a virtualidade de lado e e tornar real nossos encontros. Muito obrigado pela atenção e fiquem a vontade pois o segundo Arthur Shopenhauer

"O conhecimento nos da a certeza da ignorância".


Você sabia que no mês de Dezembro

No primogênito dia,houve a prisão de Rose Parkes,no Alabama,por ter se recusado a ceder seu lugar a um passageiro branco... Martin Luther King desencadeia um movimento de boicote aos onibus.

No dia 02 É criado o Dia Mundial contra AIDS,
Nasce o Mestre Didi em Salvador Bahia BA, e nasce também Francisco de Paula Brito editor brasileiro,em Magê RJ 1809.

Dia 05 Faleceu o Critico e Jornalista Henrique Antunes Cunha.Foi Militante Histórico do Movimento Negro,foi também um dos fundadores do Jornal Clarim da Alvorada e Criador da Associação Cultural do Negro 2006.
Nesse mesmo dia 05, surge a constiuição de 1824,proibindo negros e leprosos de frequentar escolas no Brasil

Dia 10 Dia da Declaração dos Direitos Humanos,instituidos pela ONU 1948,e a Fundação do Movimento Popular pela Libertação de Angola MPLA

Dia 11 Independência do Quênia 1963

Dia 18 Adoção da Convenção sobre a Eliminação da todas as formas de Discriminação contra a mulher 1979

Dia 20 A Lei nº7437 condena o tratamento discriminatório no mercado de trabalho,por motivo de raça ou cor
O dissidente chinês e Prêmio Nobel da Paz deste ano Liu Xiaobo completa nesta terça-feira 55 anos, mas celebra a data detido em Jinzhou, no norte do país, onde cumpre uma condenação de 11 anos de prisão.
Em declarações à Agência Efe, o advogado de Liu, Shang Baojun, assegurou que as autoridades chinesas não permitiram que ele visitasse o cliente nesta terça-feira.
No entanto, Shang disse desconhecer se Liu Xia, esposa do Nobel, havia pedido e recebido a autorização para viajar para Liaoning (nordeste da China) no aniversário de seu marido.
"Não posso manter contato com ela, só sei que segue em seu domicílio em Pequim", relatou o advogado.

A Efe tentou ligar sem sucesso para Liu Xia, que se encontra incomunicável e em prisão domiciliar desde que o comitê norueguês concedeu o prêmio a seu companheiro em outubro.
Por sua parte, o Governo chinês, que reagiu furioso perante a concessão do Nobel ao "criminoso" Liu, não quis valorizar a data.
"A China é um estado sob o império da lei", se limitou a responder Jiang Yu, porta-voz do Ministério de Exteriores, que acrescentou que as ações do Governo estão destinadas a "proteger a soberania judicial da China".

Há pouco mais de um ano, Liu Xiaobo foi considerado culpado de "incitar à subversão contra o Estado", como coautor da "Carta 08", um manifesto assinado por três mil intelectuais que pede reformas políticas ao regime comunista.
O Nobel ao dissidente chinês, um dos protagonistas dos protestos da Praça da Paz Celestial em 1989, foi o primeiro outorgado a um preso depois do concedido em 1935 ao pacifista alemão Carl von Ossietzky, durante o regime nazista.
Há duas semanas, seu irmão mais velho, Liu Xiaoguang, denunciou que a prisão avisou que este mês não poderiam visitar o preso.
Segundo o irmão, desde que em 8 de outubro foi divulgado que o intelectual receberia o prêmio, seus parentes deixaram de receber as cartas enviadas por Liu da prisão e têm as ligações controladas.

 

SELETIVA GRATUITA DO BECO DOS POETAS, ESPERAMOS SEU TEXTO...

TEXTOS PRA SELETIVA GRATUITA DO BECO PODE SER ATÉ 2 PÁGINAS... que tá esperando, mande já seu texto e comece o Ano Novo publicando com a gente!

Vale todo gênero de texto: prosa, poesia, estrofes ou mini conto.

inscrição até dia 15/01/2011- mande seu texto, via correio.

link para a inscrição:



Duvidas? email para maria@becodospoetas.com.br

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Pablo Neruda


Pablo Neruda nasceu em Parral, em 12 de julho de 1904, como Ricardo Eliécer Neftalí Reyes Basoalto. Era filho de José del Carmen Reyes Morales, um operário ferroviário, e de Rosa Basoalto Opazo, professora primária, morta quando Neruda tinha apenas um mês de vida. Ainda adolescente adotou o pseudônimo de Pablo Neruda (inspirado no escritor checo Jan Neruda), que utilizaria durante toda a vida, tornando-se seu nome legal, após ação de modificação do nome civil.
Em 1906 seu pai se transferiu para Temuco, onde se casou com Trinidad Candia Marverde, que o poeta menciona em diversos textos, como "Confesso que vivi" e "Memorial de Ilha Negra", como o nome de Mamadre. Estudou no Liceu de Homens dessa cidade e ali publicou seus primeiros poemas no periódico regional A Manhã. Em 1919 obteve o terceiro lugar nos Jogos Florais de Maule com o poema Noturno Ideal.
Em 1921 radicou-se em Santiago e estudou pedagogia em francês na Universidade do Chile, obtendo o primeiro prêmio da festa da primavera com o poema "A Canção de Festa", publicado posteriormente na revista Juventude. Em 1923 publica Crespusculário, que é reconhecido por escritores como Alone, Raúl Silva Castro e Pedro Prado. No ano seguinte aparece pela Editorial Nascimento seus Vinte poemas de amor e uma canção desesperada, no que ainda se nota uma influência do modernismo. Posteriormente se manifesta um propósito de renovação formal de intenção vanguardista em três breves livros publicados em 1936: O habitante e sua esperança, Anéis (em colaboração com Tomás Lagos) e Tentativa do homem infinito.
Em 1927 começa sua longa carreira diplomática quando é nomeado cônsul em Rangum, na Birmânia. Em suas múltiplas viagens conhece em Buenos Aires Frederico Garcia Lorca e, em Barcelona, Rafael Alberti. Em 1935, Manuel Altolaguirre entrega a Neruda a direção da revista Cavalo verde para a poesia na qual é companheiro dos poetas da geração de 1927. Nesse mesmo ano aparece a edição madrilenha de Residência na terra.
Em 1936, eclode a Guerra Civil espanhola; Neruda é destituído do cargo consular e escreve Espanha no coração. Em 1945 é eleito senador e obtém o Prêmio Nacional de Literatura. No mesmo ano, lê para mais de 100 mil pessoas no Estádio do Pacaembu em homenagem ao líder comunista Luís Carlos Prestes. Em 1950 publica Canto Geral, em que sua poesia adota intenção social, ética e política. Em 1952 publica Os Versos do Capitão e em 1954 As uvas e o vento e Odes Elementares.
Em 1953 constrói sua casa em Santiago, apelidada de "La Chascona", para se encontrar clandestinamente com sua amante Matilde, a quem havia dedicado Os Versos do Capitão. A casa foi uma de suas três casas no Chile, as outras estão em Isla Negra e Valparaíso. "La Chascona" é um museu com objetos de Neruda e pode ser visitada, em Santiago. No mesmo ano, recebeu o Prêmio Lênin da Paz.
Em 1958 apareceu Estravagario com uma nova mudança em sua poesia. Em 1965 lhe foi outorgado o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Oxford, Grã-Bretanha. Em outubro de 1971 recebeu o Nobel de Literatura. Após o prêmio, Neruda é convidado por Salvador Allende para ler para mais de 70 mil pessoas no Estadio Nacional de Chile.
Morreu em Santiago em 23 de setembro de 1973, de câncer na próstata. Postumamente foram publicadas suas memórias em 1974, com o título Confesso que vivi .
Em 1994 um filme chamado Il Postino (também conhecido como O Carteiro e O Poeta ou O Carteiro de Pablo Neruda no Brasil e em Portugal) conta sua história na Isla Negra, no Chile, com sua terceira mulher Matilde. No filme, que é uma obra de ficção, a ação foi transposta para a Itália, onde Neruda teria se exilado. Lá, numa ilha, torna-se amigo de um carteiro que lhe pede para ensinar a escrever versos (para poder conquistar uma bonita moça do povoado).
Durante as eleições presidenciais do Chile nos anos 70, Neruda abriu mão de sua candidatura para que Allende vencesse, pois ambos eram marxistas e acreditavam numa América Latina mais justa o que, a seu ver, poderia ocorrer com o socialismo. De acordo com Isabel Allende, em seu livro Paula, Neruda morreu de "tristeza" em setembro de 1973, ao ver dissolvido o governo de Allende.
"A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso.
Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade.
Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?".

Charles Chaplin




domingo, 26 de dezembro de 2010

Vale a Pena Conhecer.










Museo do Futebol.
Praça Charles Miller, s/n
Estadio do Pacaembu, São Paulo - SP
(11) 3664-3848

Entrada gratuita até 20 de fevereiro.
Horário: das 10h as 17h
De terça a domingo.

sábado, 25 de dezembro de 2010

PREMIAÇÃO DE LIVRO SOLO GRATUITO NO BECO DOS POETAS


Em comemoração as Festas Natalinas e Ano Novo adiamos para hoje, 25 de Dezembro de 2010- o anúncio do ganhador(a) do Livro Solo gratuito ao autor com o Grupo Editorial Beco dos Poetas anunciado junto ao regulamento da 5º Antologia , embora sentimos uma grande alegria em publicar um dos autores, sentimos uma grande tristeza em não podermos publicar a todos.



O ano de 2011 com certeza, será um ano de grandes realizações nosso "Projeto Todo Autor quer ser Publicado" não obteve patrocínio as empresas ainda pensam que Poesia e Literatura não é um bom investimento, os governos destinam bilhões em produção de armas, de usinas nucleares, que apesar de seus benefícios, já mostraram os malefícios através dos acidentes, mas isso não nos desanima, continuaremos trabalhando. O nosso projeto foi renovado por mais um ano junto ao Ministério da Cultura, e em 2011 ainda estaremos na fase de captação de recursos, agora prorrogado por mais um ano.



E o reconhecimento por nosso trabalho e por todo talento de vocês, estamos em andamento com a 1º Seletiva gratuita e contamos com o texto de vocês, queremos publicar o máximo de autores, estamos com o “Projeto Meu Primeiro Livro” o qual

O autor adquire os primeiros 20 livros e as edições seguintes não há qualquer custo ou obrigatoriedade de custo, sendo que, livros vendidos pelo Beco o autor recebe 10% a titulo autoral e nas compras de acima de 20 livros o autor descontos de 35% sobre o preço de capa, podendo revender entre amigos e Blogs, graças á esse modelo já estamos em fase de produção dos títulos:



• “FRUTOS SAZONAIS”- AUTORA: LUCIA HELENA DE ALMEIDA PEREIRA (MG)

• “SUBLIME AMOR” – AUTOR ROBERTO FERRARI (SP)

• “POR DETRÁS DAS PALAVRAS” – AUTOR JOSÉ VIEIRA CALADO (Portugal)



Assim sendo, e com carinho e respeito pó carinho e respeito á todos os autores, frisando que não há o melhor texto e sim o texto escolhido, todos os textos poderiam ser selecionados, mas a proposta era apenas um nos colocando na difícil tarefa da escolha:



ELIZAETE RIBEIRO DE OLIVEIRA- Autora dos textos da 5ª Antologia:

Poesias:

• Sambar online

• Madre da vida

• Penso...

• Jéssica- não és uma flor comum

• Tudo isso me consome

• Busca



Contos:

• O Monturo e o Entardecer

• A Voz do meu Destino



P.S- A autora deverá entrar em contato pelo telefone 011-5021-2233 e falar com

Maria Jeremias dos Santos- Gerente de Conteúdo para acertar detalhes do Contrato Editorial.



Aos demais autores aguardamos seus textos para a Seletiva Beco dos Poetas.

O Sermão da Montanha. Uma linda mensagem do aniversariante de hoje.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal

E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,

Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.

E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele.
E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.

E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta:
E tu, Belém, terra de Judá, De modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá; Porque de ti sairá o Guia Que há de apascentar o meu povo de Israel.

Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera.
E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore.

E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino.
E, vendo eles a estrela, regozijaram-se muito com grande alegria.

E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.
E, sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho.

E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.

E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito.
E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.

Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias, que diz:
Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não querendo ser consolada, porque já não existem.

Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do SENHOR apareceu num sonho a José no Egito,
Dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino.

Então ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel.
E, ouvindo que Arquelau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas avisado em sonhos, por divina revelação, foi para as partes da Galiléia.

E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.


Fonte: Biblia - Livro de Mateus, capítulo II

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010


"Escrever é fácil. Você começa com uma letra maiúscula e termina com um ponto final. No meio você coloca idéias".

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Coração


O Coração é o colibri dourado
Das veigas puras do jardim do céu.
Um tem o mel da granadilha agreste,
Bebe os perfumes, que a bonina deu.
O outro voa em mais virentes balças,
Pousa de um riso na rubente flor.
Vive do mel a que se chama crenças,
Vive do aroma que se diz -- amor.
Castro Alves.

5º Sarau Beco dos Poetas- Parte II


5º Sarau Beco dos Poetas- Parte II por vozlivre no Videolog.tv.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Então é NATAL

Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez.
Então é Natal, a festa Cristã.
Do velho e do novo, do amor como um todo.
Então bom Natal, e um ano novo também.
Que seja feliz quem, souber o que é o bem.

Os Melhores de 2010 do Programa Banda Mix

Vale a pena conhecer

MUSEU DA HISTÓRIA NATURAL DE LONDRES

O museu possui oito exposições permanentes nas salas principais, pelas quais de desenvolve a história de Londres através dos tempos. A primeira é dedicada ao período da conquista romana; seguida pela sala da Londres Medieval, um período que inclui os fatos históricos entre os séculos X e XV; a terceira é dedicada a Era Tudor, que terminou com o Grande Incêndio e leva à quarta sala, dedicada a reconstrução da cidade e o começo do comércio com a Ásia e a América.
Na sala do século XVIII estão expostas as mudanças políticas e a explosão comercial da época, assim como os desenvolvimentos da medicina e da ciência. Chegamos então a sala dedicada à era vitoriana, uma época em que Londres se tornou a maior metrópole do mundo.
O museu possui uma Microgallery onde se oferece uma olhar mais detalhado na vida do século XIX, assim como uma outra sala dedicada a exposições temáticas temporárias, onde se desenvolvem assuntos como a Londres das crianças, Londres macabra, transportes de Londres, entre outras.
London Wall
London





domingo, 19 de dezembro de 2010

Vale a Pena Conhecer.

GIBI - QUADRINHOS - COMICS - HQ - MANGÁ - ANIMES - FANZINES

Existe um mundo diferente, além, muito além, do que qualquer ser humano poderia trilhar em vida terrena.
É um mundo maravilhoso, onde o previsível e o imprevisível acontece a todo momento, onde a ação emoção e aventuras ditam as regras da sobrevivência.
É um mundo que sai da imaginação de roteiristas, desenhistas e escritores de todo o planeta, povoando a criatividade sem fim, proporcionando um universo maravilhoso e incomparável.
Estamos falando do mundo maravilhoso das historias em quadrinhos, ou mais conhecido como "gibi".
A frase popular: "Não está no gibi", demonstra claramente o poder de influência dos quadrinhos na formação e educação de milhares de leitores em todo o mundo.
Quem não se recorda de participar de compra e troca de gibis? Na compra de gibis sempre uma surpresa agradável, seja pela capa, histórias ou desenhos.
E na troca de gibis, no formato americano, uma regra adotada, se referia ao número de páginas. Assim sendo, as Edições Extra ou Especiais com 52 ou 68 páginas podiam ser trocadas por 2 revistas. E também os Almanaques com 100 páginas, eram trocados por 3 gibis de 36 páginas. Mas no caso de revistas Disney, 1 gibi no formato americano era trocado por 2 Pato Donald ou Zé Carioca ou 1 revista do Mickey.
Tempo que os saudosistas gostariam que voltasse.
Tudo começou no longinquo 14 de março de 1934, quando o jornalista Adolfo Aizen publicou o Suplemento Infantil. Logo em seguida, Roberto Marinho publicou em formato tablóide, O Globo Juvenil em junho de 1937. Começava ai a pulicacao continua do mundo encantado das Historias em Quadrinhos.
A Rio Gráfica e Editora resolveu fazer lancar a sua revista GIBI, . O nome GIBI é uma palavra que o povo denominou a todas as revistas de histórias em quadrinhos. Todos dizem: “Empresta-me um gibi”, “venda-me um gibi”. GIBI é um nome colocado entre as primeiras revistas do Brasil, e a Rio Gráfica não esta sabendo aproveitar esse nome. O GIBI voltou, mas não como devia. Os editores deviam fazer voltar aquele título antigo do GIBI (com o negrinho ao lado), mais páginas e republicar histórias antigas de: Príncipe Submarino, Zaz-Traz, Tocha Humana, Vingador, Raio, Cometa, Trinca do Terror e outros.
Além das ediçoes extras, edições especiais, haviam também os Almanaques de férias, que normalmente saiam no final de Junho para serem lidos nas férias. No caso da EBAL, os almanaques de férias seguiam a numeração normal dos gibis, o mesmo não ocorria pela RGE, que deixava os exemplares sem numeração. Os Almanaques de 100 páginas normalmente saiam em Dezembro, como um grande presente de Natal. Os leitores se deliciavam entre o Natal e o Ano Novo vendo.
O verdadeiro colecionador de gibis precisa ter 3 atributos fundamentais: dimensionar o espaço fisico para o tamanho da coleção que ele pretende formar, tempo para ler, reler, organizar e curtir as revistas da coleção, e dinheiro para sempre estar substituindo as mesmas revistas por outros exemplares em melhor estado de conservação, para que a coleção fique sempre mais bonita. E, curiosamente, muitas vezes, acaba formando outras coleções de gibis repetidos, com exemplares num estao de conservação mais modesto.
Eu ainda compro gibis antigos, para substituir os meus exemplares por outros em melhor estado de conservação.
O propósito deste site é mostrar um pouco deste mundo maravilhoso, suas curiosidades, seus desenhistas e roteiristas mais famosos, e sua contribuição ao mundo real.
Os agradecimentos deste site são para os pioneiros nas publicações os quadrinhos no Brasil.
- Adolfo Aizen - Editora Brasil América LTDA - EBAL
- Roberto Marinho - Rio Gráfica e Editora - RGE - Atual Editora Globo
- Victor Civita - Editora Abril
Este site existe pela vontade de apreciadores dos quadrinhos, tanto colecionadores, quanto pesquisadores e jornalistas, pessoas maravilhosas que me ajudam a mante-lo atualizado. Agradeço imensamente ao Antonio José da Silva (Tom Zé), Idalino , Wagner Augusto, Gonçalo Jr., Diamantino da Silva, Franco de Rosa, Primaggio Mantovi, Genildo Tavares da Silva, Alvaro de Moya, Rodger Matsuda, Miguel Patricio, Rika, Adriano Rainho, Sandra Monte, Edson Cerqueira, Romulo Rangel e Murillo Cesar Caetano. Aos poucos, irei aumentando a lista de colaboradores.

Kendi Sakamoto




sábado, 18 de dezembro de 2010

Olhe para frente!

Mensagem de Natal



 Amigos poetas e Poetisas do Beco dos Poetas

Pelo muito que você tem representado para nós,
queremos dedicar a você os melhores votos de um Natal cheio de paz,
que nós possamos continuar na emoção de levar emoção,
de desejar felicidades, de reconciliar sentimentos,
de encurtar distâncias através das palavras que juntas formam mensagens que agora dedicamos a você.

Desejamos que neste Natal,
a luz que guia o mundo possa também clarear os seus sonhos,
feliz Natal, que os anjos acampem ao seu redor para sempre te proteger,
amparar nessa longa caminhada da vida,
para que o caminho seja repleto de flores e frutos.


Estamos felizes com o nosso trabalho,
pois a cada dia fazemos novos amigos;
a cada dia aparecem mais pessoas encantadoras como você.

Feliz Natal é o que nós do Beco dos Poetas, desejamos a você!


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

ANTOLOGIA GRATUITA NO BECO DOS POETAS


 FAÇA PARTE DA ANTOLOGIA
 GRATUITA DO BECO DOS POETAS
AINDA DÁ TEMPO, ENVIE JÁ O SEU TEXTO !

Prezado amigo, você é Poeta, Contista ou simplesmente adora escrever poesias, essa notícia é para você:
 Neste mês de Dezembro o Grupo Editorial BECO DOS POETAS & ESCRITORES Ltda- www.becodospoetas.com.br
 Lança uma Seletiva totalmente  gratuita, eis sua chance de ver seu texto publicado numa Antologia com os melhores autores de 2010. Gostou da notícia, então não perca tempo, mande já seu texto.
 Basta seguir o regulamento nesse link e nos enviar as documentações via correio http://www.becodospoetas.com.br/profiles/blog/show?id=2169003:BlogPost:162540&xgs=1&xg_source=msg_share_post.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

É possível um mundo melhor!

É possível um mundo melhor!
Onde não há intolerância, guerras?
Onde não há preconceito
E as pessoas convivam com as diferenças?
Onde a liberdade tenha seu limite
Ao iniciar a liberdade do outro?
É possível um mundo melhor!
Onde se pode deslumbrar a esperança
No sorriso de uma criança?
Onde os anciãos possam desfrutar
A alegria de vivenciar seus feitos?
E não ser chamados de inativos?
É possível um mundo melhor!
Onde as pessoas não precisem drogar-se
Para realizar suas fantasias
Ou esconder suas carências
Mergulhando num mundo autodestrutivo?
Trancafiando-se numa prisão?
Acredito que sim, que é possível
Pois, ao homem foi dado poder
De continuar construir o mundo mais belo
Ao homem foi dado poder
De continuar a criação
Basta apenas voltar as origens
O seu coração
E descobrir o poder que tem em mãos.

Ataíde Lemos

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A torre pendente de Pisa (em italiano Torre pendente di Pisa), ou simplesmente, Torre de Pisa, é um campanário (campanile ou campanário autônomo) da catedral da cidade italiana de Pisa. Está situada atrás da catedral, e é a terceira mais antiga estrutura na praça da Catedral de Pisa (Campo dei Miracoli), depois da catedral e do baptistério.Embora destinada a ficar na vertical, a torre começou a inclinar-se para sudeste logo após o início da construção, em 1173, devido a uma fundação mal construída e a um solo de fundação mal compactado, que permitiu à fundação ficar com assentamentos diferenciais. A torre atualmente se inclina para o sudoeste.A altura do solo ao topo da torre é de 55,86 metros no lado mais baixo e de 56,70 metros na parte mais alta. A espessura das paredes na base mede 4,09 metros e 2,48 metros no topo. Seu peso é estimado em 14 500 toneladas. A torre tem 296 ou 294 degraus: o sétimo andar da face norte das escadas tem dois degraus a menos. Antes do trabalho de restauração realizado entre 1990 e 2001 a torre estava inclinada com um ângulo de 5.5 graus, estando agora a torre inclinada em cerca de 3.99 graus. Isto significa que o topo da torre está a uma distância de 3.9m de onde ele estaria se a torre estivesse perfeitamente na posição correta.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

NOSSA FALTA DE SENSIBILIDADE















Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando... Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu...


Luiz Fernando Veríssimo

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Vale a pena conhecer.



Sediado no Parque do Ibirapuera o Museu de Arte Moderna de São Paulo , guarda uma das coleções mais importantes de arte contemporânea e moderna da América Latina

domingo, 12 de dezembro de 2010

Atendimento a quem tem necessidades especiais.

Para um atendimento adequado ao aluno com necessidades especiais é necessário a princípio observar a dinâmica do estudante no ambiente escolar e reconhecer o seu contexto social.


É preciso abrir diálogo com a família, saber o histórico de tratamento se houver e todos os sintomas e com qual freqüência ocorrem. Deve haver uma pesquisa em busca de quais materiais podem ser usados e as alternativas para as confecções ou compra dos mesmos. Considerar quais as principais necessidades a serem atendidas.

Considerar o tamanho, forma, peso, textura, cor e todas as características do objeto de auxilio as atividades e se o mesmo facilitou o trabalho do aluno e do educador.

As adaptações curriculares são importantes e necessárias. É preciso diversificar o currículo, só assim, será possível o favorecimento do aprendizado dos alunos com necessidades especiais incluindo profissionais especializados, adaptações de ambientes, da forma de avaliação e de perspectiva de evolução desse aluno.

Podemos dimensionar para esse processo um reforço pedagógico para alguns conteúdos, apoio pedagógico, atendimento itinerante e uma participação mais próxima entre escola, família e comunidade, além de se trabalhar dentro do currículo a importância da inclusão como crescimento pessoal e social de uma comunidade ou nação.

Carlos Benethi.

sábado, 11 de dezembro de 2010

COLIGAÇÃO POÉTICA: UM NATAL MARAVILHOSO PRA VOCÊ

COLIGAÇÃO POÉTICA: UM NATAL MARAVILHOSO PRA VOCÊ

UM NATAL MARAVILHOSO PRA VOCÊ

Banda Jazz Sinfônica, Lira Musical e Seresteiros para a Praça da Moça.


 A Banda Jazz Sinfônica, a Lira Musical e os Seresteiros de Diadema irão encerrar o ano de 2010 com uma grande apresentação na Praça da Moça este sábado, dia 11, a partir das 18h. O show faz parte da programação especial de comemoração do aniversário de 51 anos da cidade e fecha um ano de muitas realizações para os três grupos.
Criada em 2001 e mantida pela Secretaria de Cultura, a Banda Jazz Sinfônica tem 26 integrantes e é basicamente composta por instrumentos como trombone, saxofone, trompete, flauta, oboé, fagote, clarinete, trompa, vibrafone, baixo, piano, guitarra, bateria e percussão. Em seu repertório, a Banda executa obras de grandes nomes como Dorival Caymmi, Ari Barroso, Tom Jobim, Charlie Parker e Pixinguinha.
Desde 2006, o comando dos músicos está a cargo do maestro Todd Murphy, formado pela Universidade de Miami, que já tocou com diversos artistas nacionais e trouxe o ritmo norte-americano à banda.
Já no repertório da Banda Lira Musical, o público poderá conferir clássicos da Música Popular Brasileira, como “Eu Sei que Vou te Amar”, do maestro Tom Jobim. Além de composições de importantes nomes da música nacional, que vão de Ataulfo Alves e Luiz Gonzaga, até Tim Maia, além de alguns sucessos internacionais. Durante a sua trajetória, a Lira Musical de Diadema conseguiu reunir mais de 600 obras de diversos autores e gêneros.
Fundada em 1968, a banda conta atualmente com a regência do maestro Lucas Guimarães e a participação de 27 músicos. O grupo tem como característica marcante os arranjos que conseguem trazer, com harmonia, a mistura entre o moderno e o clássico da música nacional. E foi esta face inovadora que fez com que a Lira Musical de Diadema ganhasse mais de 60 troféus em festivais e concursos. A cidade é um dos poucos municípios que ainda mantém uma banda desse tipo, que já foi muito comum no país.
Por meio de um estilo próprio, os seresteiros resgatam uma tradição que tem origem ainda em tempos medievais. A prática nasceu porque os músicos saíam de suas apresentações ou festas e se dirigiam às janelas de suas amadas para tocar e cantar. Por serem feitas ao sereno, ou seja, ao ar livre e normalmente à noite, receberam o nome de serestas. É para recriar esse clima que os “Seresteiros de Diadema” fazem questão de se vestir como na década de 1930, época em que as serestas ainda eram muito comuns.
Completando o momento “pratas da casa” o grupo Seresteiros de Diadema procura trazer aos dias de hoje o romantismo de antigamente. Formado por integrantes da Casa da Música o repertório do grupo conta com canções como “A Cúmplice”, de Juca Chaves, “Manhã de Carnaval”, de Luiz Bonfá e “Ave Maria do Morro”, de Herivelto Martins, entre outros grandes nomes da música popular brasileira.

Serviço
Banda Jazz Sinfônica, Lira Musical e Seresteiros de Diadema
Dia 11 de dezembro, sábado, às 18h
Praça da Moça
Entre Avenida Alda e Rua Graciosa
Centro - Diadema.

Fonte: Luana Arrais
http://www.diadema.sp.gov.br/

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

CEU CAMINHO DO MAR - IV SARAU DO BECO DOS POETAS



IV Sarau do Beco dos Poetas na biblioteca do CEU Caminho do Mar, Jabaquara, São Paulo, SP.

HÁ POUCO PARA SE COMEMORAR NO DIA DOS DIREITOS HUMANOS.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 62 anos na sexta-feira, dia 10, mas há pouco para se comemorar nessa data. O Centro de Direitos Humanos e Memória Popular de Foz do Iguaçu vem a público manifestar sua preocupação com as constantes violações dos direitos fundamentais e da dignidade da pessoa humana.

Por ser o primeiro documento internacional que afirma a universalidade dos direitos básicos e a igualdade entre todos os seres humanos, a Declaração é considerada um marco para a proteção e respeito dos direitos humanos.

Falta muito, porém, para que os preceitos declarando que todos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos sejam uma realidade. As constantes violações de direitos humanos continuam sendo praticadas por meio de padrões enraizados de discriminação, desigualdade e exclusão.

Entendemos que o vácuo existente entre a vontade das autoridades de garantir direitos e a sua implementação é devido ao poder que os interesses econômicos exercem sobre as instituições republicanas.

Violações dos direitos humanos econômicos, sociais e culturais continuam sendo praticadas em presídios, em conflitos agrários, contra povos indígenas no Brasil e, sobretudo, contra a população de baixa renda, atingida pela prática da criminalização da pobreza.

O custo humano dessa política não se justifica! Hoje temos a polícia que mais mata e mais morre no mundo, num quadro trágico que já alcançou índices recordes, jamais vistos anteriormente.

Entre os direitos com maior histórico de violações, o direito à vida é um dos mais golpeados, mormente quando se trata de adolescentes e jovens, maiores vítimas de homicídios no Brasil.

Em Foz do Iguaçu, estudos apontam que cerca de 60% das vítimas de mortes violentas são jovens oriundos das camadas de baixa renda e com pouca escolarização. Assistir ao que estamos vendo — adolescentes mortos prematuramente — é algo terrível pelo absurdo em si mesmo.

Conforme o Índice de Homicídios na Adolescência (IHA), feito por uma parceria entre a Secretaria Especial dos Direitos Humanos, o Laboratório de Análise da Violência (UERJ), o Unicef e o Observatório de Favelas, divulgado esta semana, Foz do Iguaçu lidera o ranking de assassinatos de jovens com idades entre 12 e 19 anos.

Tendo em vista o acima exposto e que a construção de um Estado democrático depende não apenas das intenções e diretrizes dos poderes públicos constituídos, mas principalmente de uma rede de atitudes, deveres e direitos desenvolvida pelo conjunto dos cidadãos, o Centro de Direitos Humanos e Memória Popular de Foz do Iguaçu alerta, propõe e reafirma sua disposição de:

• Alertar a comunidade por meio de processo de tomada de consciência para o justo combate a todo tipo de preconceito, discriminação e exclusão social;

• Promover o fortalecimento dos movimentos populares que lutam por uma sociedade igualitária, na qual o homem não seja explorado e oprimido por outro homem;

• Lutar para que sejam assegurados os direitos à qualidade de vida, à saúde, ao saneamento básico, à educação, à moradia, ao transporte, ao lazer, ao meio ambiente sustentável, à segurança, ao trabalho, à diversidade cultural e à preservação da memória;

• Defender a estruturação de um sistema público de comunicação que inclua a criação de um fundo público para meios comunitários e a democratização do acesso aos meios de produção no campo da comunicação, tendo em vista que a comunicação social é um serviço público de relevante interesse social;

• Cobrar das autoridades constituídas a apuração de responsabilidades e punição dos autores de execuções de adolescentes e jovens adultos;

Foz do Iguaçu, 10 de dezembro de 2010.



CENTRO DE DIREITOS HUMANOS E

MEMÓRIA POPULAR DE FOZ DO IGUAÇU

www.cdhfoz.blogspot.com

(45) 9905-9249

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A Chuva














O que chove?
É chuva de vida
ou de pensamento?
Se chove tanto,
chovesse mais...
Mais que chuva,
mais que vento:
chovesse Céu.

Chovesse o Céu, eu voaria?
Ventaria feito papel?
Se eu voasse, nadaria?
Ou eu, pipa levada ao léu,
da chuva me encharcaria,
à mesma força que me nasceu?

Que chuva chove?
Se é de vida,
chovesse o Céu!

Célia de Lima

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

DIA 12 DE DEZEMBRO POESIA TEM LUGAR CERTO: BECO DOS POETAS


12 de Dezembro - Poesia tem lugar certo: Beco dos Poetas


Domingo, às 10h00 estaremos na Biblioteca do Céu Caminho do Mar, realizando o  5º SARAU DO BECO DOS POETAS em homenagem a Vida
e obra da poetisa brasileira, CECÍLIA MEIRELES considerada uma das mais importantes representantes da literatura modernista.
E você é nosso convidado especial, venha participar conosco.


Filha de Carlos Alberto de Carvalho Meireles, funcionário do Banco do Brasil S.A., e de D. Matilde Benevides Meireles, professora municipal, Cecília Benevides de Carvalho Meireles nasceu em 7 de novembro de 1901, na Tijuca, Rio de Janeiro. Foi a única sobrevivente
dos quatros filhos do casal. O pai faleceu três meses antes do seu nascimento, e sua mãe quando ainda não tinha três anos. Criou-a, a partir
de então, sua avó D. Jacinta Garcia Benevides.

Dois anos depois, em 1919, publica seu primeiro livro de poesias,
"Espectro". Seguiram-se "Nunca mais... e Poema dos Poemas",
em 1923, e "Baladas para El-Rei, em 1925.

Casa-se, em 1922, com o pintor português Fernando Correia Dias, com quem tem
três filhas: Maria Elvira, Maria Mathilde e Maria Fernanda, esta última
artista teatral consagrada. Suas filhas lhe dão cinco netos.

Falece no Rio de Janeiro a 9 de novembro de 1964, sendo-lhe prestadas grandes
homenagens públicas. Seu corpo é velado no Ministério da Educação e
Cultura. Recebe, ainda em 1964, o Prêmio Jabuti de Poesia, pelo livro
"Solombra", concedido pela Câmara Brasileira do Livro.

{...}

Em 1965, é agraciada com o Prêmio Machado de Assis, pelo conjunto de sua
obra, sia, traduzida para o espanhol, francês, italiano, inglês, alemão,
húngaro, hindu e urdu, e musicada por Alceu Bocchino, Luis Cosme, Letícia
Figueiredo, Ênio Freitas, Camargo Guarnieri, Francisco Mingnone, Lamartine
Babo, Bacharat, Norman Frazer, Ernest Widma e Fagner, foi assim julgada pelo
crítico Paulo Rónai:

"Considero o lirismo de Cecília
Meireles o mais elevado da moderna poesia de língua portuguesa. Nenhum
outro poeta iguala o seu desprendimento, a sua fluidez, o seu poder
transfigurador, a sua simplicidade e seu preciosismo, porque Cecília, só ela,
se acerca da nossa poesia primitiva e do nosso lirismo espontâneo...A poesia de
Cecília Meireles é uma das mais puras, belas e válidas manifestações da
literatura contemporânea.


Dia 12 de Dezembro, a partir das 10hs na Biblioteca do CEU- Caminho do Mar- Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 5.241-(entrada franca) Jabaquara- São Paulo-SP

Duvidas, ligue: 011-5021-2233


DIA DA FAMÍLIA.


Olá! Todo mundo sabe da importância que nossos pais, irmãos, avós, tios, primos e outros parentes tem em nossas vidas. Juntos eles formam a nossa família, e hoje é o dia em que se comemora essa importante instituição!
A família pode ser definida como um grupo de pessoas ligadas por descendência, ou seja, dentro de uma família existe sempre algum grau de parentesco.
Membros de uma família costumam compartilhar do mesmo sobrenome, que vem de herança de um parente em comum, geralmente bem antigo.
Para aprender um pouco sobre os membros da nossa família e identificar quem é quem, clique aqui e confira nosso super especial Família!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Aves da América.

Uma cópia rara do que já está sendo considerado o livro mais caro do mundo foi posta a leilão em Londres. "Aves da América", do ambientalista John James Audubon, é um dos principais livros de história natural do século 19. O exemplar que vai a leilão na Sotheby's, em Londres, está sendo avaliado entre quatro e seis milhões de libras esterlinas --entre R$ 11 milhões e R$ 16 milhões.

Apenas duzentos foram produzidos pelo autor. Dos que ainda existem, só 11 estão nas mãos de particulares. O diretor de livros e manuscritos da casa de leilões, David Goldthorpe, disse à BBC que a obra "combina raridade, beleza e importância científica".
Audubon fez questão de que os desenhos das aves fossem em tamanho real, ele afirmou.

Segundo Leslie Overstreet, curadora de livros raros de história natural do instituto Smithsonian, de Washington, a obra caiu no gosto popular assim que veio a público, mas foi duramente criticado pela comunidade científica da época. É que muitas ilustrações foram feitas por artistas a partir de aves mortas, e nem sempre condizem com o tipo de movimento típico das aves, ela contou.
Uma das mais criticadas mostra uma serpente atacando, de forma dramática, um ninho de pássaros. Para a curadora, o desenho é uma obra de arte no papel, mas vai contra "todas as regras" do ponto de vista científico.

Fonte: http://www.uol.com.br/

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Obra Vencedora do Primeiro Concurso de Poesias do Blog Coligação Poética publicada na V Antologia do Beco dos Poetas.















QUEM SOU? QUEM SOMOS?

Quem sou eu?
Seria simples, responder!
De nascimento, mergulhão;
Pelotense, de adoção;
Sul-riograndense, brasileiro,
Latino-americano, para fechar a questão.


Mas é tão simples, assim?
Não!

Quem sou?
Quem somos nós?


Se além de mergulhão e pelotense,
Hoje tenho um pouco também,
De cada querência onde andei,
Com os pés
Ou com a imaginação,
Ou com a internet, com os livros,
Com as pessoas que convivo,
Na escola, na rua
Ou na mesa de um bar.


Já me sinto meio papa-areia,
Arroio-grandino, jaguarense,
Porto-alegrense do Bonfa
E até carioca da Urca.
E que saudade me sufoca
Se me imagino na costa
Do velho rio Uruguai
Tirando no anzol um jundiá.
Ou caminhando no frio
Da Patagônia Argentina
Ou na chalana, embarcado,
Rumando pra Corumbá.


E mais longe vou:
Quem sabe cruzando o Saara
Ou navegando no Níger
Bebendo um vinho na Itália,
Em Portugal ou na Bavária.


Sim, tudo é possível!
Pois sou e somos essa mescla
Dos mais variados matizes.
Olhemos nossas raízes:
Não somos um povo!
Somos quase todos!


Somos do Congo e da Galícia,
De Castela e da Sicília,
Da Pomerânia, da Guiné,
Do Minho e de Ifé,
Transmontanos, Minuanos,
Guaranis e alentejanos,
De Angola e da Sardenha.
E com esta pilcha campeira
Posso dançar samba ou chacarera
Baião, xote ou uma mazurca,
Pontear na guitarra uma milonga
Ou num atabaque um batuque.


Sim! Pois sou brasileiro,
Ou melhor, americano sulino
E trago junto comigo
O sangue negro e ameríndio
Junto ao do branco europeu
E a cultura desses todos
Transformou-nos no que somos
E isso senhoras e senhores,
Isto, sou eu!

Marco Antônio Chaves

domingo, 5 de dezembro de 2010

Fluminense Campeão Brasileiro de 2010, após 26 anos de espera.

O Fluminense venceu o Guarani por 1x0, gol do jogador Emerson, e se tornou campeão brasileiro de futebol de 2010, marcando 71 pontos.

O PODER DE UM ABRAÇO

  
Eu tenho mania de abraçar todo mundo... 
eu adoro abraçar as pessoas que eu amo...
E acabei descobrindo que são inúmeras as vantagens de um abraço:

- Produz calor, sempre aquece o coração;

- Tem efeitos duradouros;

- Preenche espaços vazios em nossas vidas;

- Torna os dias mais felizes, torna possível aqueles dias

impossíveis; -faz agente se sentir bem, abre passagem para os sentimentos;

-constrói a auto-estima, alivia a tensão;

ALÉM DISSO: -não requer equipamento nem lugar apropriado... (qualquer lugar é lugar de um abraço), é só abrir os braços e o coração; -é democrático, todos podem abraçar;

-é universal, em qualquer língua é sempre compreendido.

O abraço é , um método simples de oferecer apoio, cura e crescimento. É a forma perfeita de mostrar o que as palavras não conseguem dizer.

A condição fundamental para o abraço sincero é respeitar o outro como pessoa, não lhe atribuir culpas, não julgar. É viver realmente o amor incondicional!

Então, pode abrir bem os braços pra receber o meu abraço... !


SARAU DO BECO EM DEZEMBRO

 
Sarau Poético do Beco - Tema:  Cecília Meireles

Um domingo de Poesia, amigos e muita alegria é assim que acontece o Sarau matinal do Beco dos Poetas todos os meses, e nesse fim de ano não poderia ser diferente.   O 5º Evento Cultural organizado por Marcio Marcelo do Nascimento Sena e apresentado por Maria Jeremias dos Santos.
Venha participar conosco e traga sua poesia para declamar, venha falar de seus projetos, do seu livro, você é nosso convidado especial - Dia 12 de Dezembro, a partir das 10hs na Biblioteca do CEU- Caminho do Mar- Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 5.241-(entrada franca) Jabaquara- São Paulo-SP
Duvidas, ligue: 011-5021-2233

"Poesia é
quando uma emoção encontra
seu pensamento
e o pensamento encontra palavras."

The Best of Independent Music 2010.

Destaque do Primeiro Concurso de Poesias do blog Coligação Poética.

Estrada


Estrada que nunca termina
Pessoas que caminham
Seguem seus passos
Correndo atrás dos seus sonhos.

Nosso dia de amanhã
Nossa tristeza
Nossa saudade
Pequenas coisas que se tornam
Edifícios, quase impossíveis
De se alcançar.

Hoje nos resta o sonho
Amanhã quem sabe,
Restará o riso
Que nunca se deu
A palavra que se perdeu.

Penso no hoje, nos pequenos
Gestos, a saudade que
Se sente, a tua presença
Tão longe, tão distante.

Hoje o sol me despertou,
Me trouxe teu riso,
Causou meu pranto.

Você foi meu sonho,
Minha alegria, minha tristeza,
Você foi miragem, sonho,
Bobagem você foi
Saudade.

Mora Alves

sábado, 4 de dezembro de 2010

Evento: 5º Sarau Poético “Beco dos Poetas”






             


  Evento: 5º Sarau Poético “Beco dos Poetas”
Dia: 12 de Dezembro de 2010
Local: Biblioteca Maria Clara Machado - Céu Caminho do Mar- Jabaquara
Av. EngºArmando de Arruda Pereira, 5.241-
Tema: Homenagem a Poetisa Cecília Meireles
Horário: A partir das 10hs ás 12hs – Aberto ao Público
Maiores informações: 011-5021-2233

O Fim do Ano já se anuncia e não poderíamos comemorar  de outra forma...

Poetas/Poetisas,
Amigos/Amigas,
Alegria !!!

Essa combinação maravilhosa presente o ano todo em nossa comunidade e estendida aos nossos sarais a cada edição o torna mais fraterno e nesse encontro gostaríamos muito de contar com a sua presença!
 Venha declamar suas poesia, contar-nos sobre seu livro, seus projetos e conhecer o belo espaço que vem se transformando os nossos encontros poéticos que gravamos e compartilhamos com todos os nossos amigos em outras partes do Brasil, uma excelente maneira de divulgar o seu trabalho.